CIDADANIA ITALIANA - NÃO PRECISA MAIS DE BUROCRACIA?

Será verdade que houve alterações para quem quer requerer a cidadania italiana? Veja aqui todos os esclarecimentos, após a adesão do Brasil no Pacto de Haia...
ESTA NOTICIA abaixo QUE ESTÁ CIRCULANDO NAS REDES SOCIAIS É FALSA, ou pelo menos dá a entender falsas resoluções.  Leia agora a notícia FALSA: 


"ACORDO EXTINGUE PROCESSO BUROCRÁTICO PARA RECONHECIMENTO DE CIDADANIA ITALIANA.
Com a confirmação da adesão do Brasil ao Pacto de Haia, o país começa a facilitar qualquer processo internacional com os demais países membros do acordo, que fora assinado em 1961, porém, sem nunca ter vigorado até este ano, o resultado será que, a partir dessa fase, extingui-se o processo de legalização e validação documental para reconhecimento de cidadania italiana... 
Segundo a deputada do Parlamento Italiano, Renata Bueno, o Brasil irá pular toda a parte de legalização de certidões de casamento, nascimento, legalização de empresas, histórico escolares, etc. Assim, mais de 30 milhões de descendentes italianos que almejam, por exemplo, o reconhecimento de cidadania, podem ter seu processo agilizado. A documentação vinda do Brasil atravessa um longo processo de legalização atualmente, mas, além de processos de reconhecimento de cidadania para os descendentes de italianos, a adesão influenciará também em documentos particulares com firma reconhecida, diplomas universitários e escolares, bem como atos societários, entre outros, e, com isso a desburocratização do processo...
E agora isso deverá ocorrer o mais breve possível, segundo afirma o secretário-geral da pasta, Sérgio Danese..."

EXPLICAÇÃO: 
ESTA NOTÍCIA ACIMA NÃO É VERDADEIRA E NEM NOVIDADE !!!
Entramos em contato com o Site de Cidadania Italiana "MInha Saga" para esclarecer a confusão que esta notícia acima está causando nas Redes Sociais. 
Desde o dia 19 de agosto de 2015 o site já falava deste mesmo assunto. 
Peço por favor que você compartilhe este link para ajudar a esclarecer, pois muitos estão acreditando - DE FORMA EQUIVOCADA - que não existe mais a necessidade de legalizar os documentos nem consulado italiano, nem em lugar nenhum, pois a tal matéria ACIMA que estão veiculando nas Redes Socias é inconsequente e irresponsável, pois provoca entendimentos errados, começando pela escolha que fizeram do título dela. 
E quem fizer isso, de achar que pode vir à Italia como cidadão italiano sem os documentos legalizados, vai perder tempo, dinheiro e ver os próprios sonhos indo por água abaixo
ENTÃO O QUE MUDOU ? 
Antes do Brasil aderir ao Pacto de Haia, todas as certidões de nascimento, casamento, óbito + a CNN deveriam ser legalizadas por um Consulado Geral da Italia no Brasil. Quando um país adere ao Pacto, esta legalização PODERÁ VIR A SER substituída por outro processo, mais simples, mas nem por isso, indispensável. 
Podemos equipará-la a uma espécie de reconhecimento de firma para todos os documentos que DEVERÃO ser enviados à Italia para requerer a cidadania lá, onde um órgão que deverá ser definido pelo Governo Brasileiro (poderá ser o Ministério das Relações Exteriores ou até mesmo a rede de cartórios) fará a autenticação dos documentos.  Ou seja, em vez de ser o Consulado Italiano a autenticar os documentos, poderá se feita em outro órgão brasileiro.  Mas isso, só muda DEPOIS, que a Itália emitir a emanação de uma circolare ministeriale por parte do governo italiano, endereçada aos órgãos territoriais (prefetturas, comunes, questuras, etc), explicando sobre a adesão e informando sobre os procedimentos e o formato que será considerado legal a partir daí, como poder ser vista na "Apostille" sobre como requerer a cidadania italiana, no site "MINHA SAGA".
Muitas pessoas estão confundindo a adesão do Brasil com “não existe mais a necessidade de legalizar os documentos”, e essa ideia é FALSA
FONTE: Site da Organização www.minhasaga.org  
Este meu amigo, dá todas as dicas para o que fazer para requerer a Cidadania Italiana, como ele mesmo fêz. Este vídeo foi gravado ANTES do Brasil entrar no Pacto de Haia, por isso ele fala do MRE -Ministério das Relações Exteriores, mas o restante permanece tudo igual.
Por favor, não deixe de compartilhar para esclarecer, ok?


Escreva seu COMENTÁRIO logo no final deste artigo 
Clique em COMENTAR COMO:  escolha NOME/URL
Digite seu NOME (pode deixar URL vazio) 
depois clique em CONTINUAR e PUBLICAR

Se você gostou, clique no f  logo abaixo, 
e clique no  g+1 para ajudar a divulgar este artigo. 


Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!

6 comentários:

  1. Obrigado Marcia pelo compartilhamento do vídeo! Gostei da matéria, não estava ciente disso ainda. Realmente muito interessante, vai facilitar muito. Bjão

    ResponderExcluir
  2. Muito Obrigado Márcia, gostei muito do post. Realmente vai facilitar muito!!

    ResponderExcluir
  3. Bom saber! Obrigado pelo esclarecimento!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ajude a divulgar, ok ? Um abraço !

      Excluir
    2. Claro, pode deixar!

      Excluir

Seu comentário será avaliado e em seguida postado. Obrigada !

Novo Rodapé - APROVEITE ESTA OFERTA:

AINDA DÁ TEMPO DE PEGAR AS OFERTAS